feliz pascoa na gaspoint

inc_menu

Ver nosso registro no site do INMETRO

Veja aqui nosso registro no INMETRO

.:: A lenda do Coletor de Plástico

Era uma vez um reino longínquo, cheio de fadas e elfos, com um rio que corria incessantemente no meio de um bosque multicolorido. Do rio pululavam peixinhos de todas as cores e no reino havia harmonia e prosperidade.

Um dia, um engenheiro muito sabido percebeu que, poderia melhorar a fluidez dos gases de admissão, facilitar o processo de produção, e reduzir o peso do motor e assim, construiu o primeiro coletor plástico.

No vilarejo, ele não foi muito bem recebido, afinal as pessoas estavam acostumadas com coletores de ferro ou mesmo alumínio e diante da novidade, os cidadãos logo espalharam lendas que diziam que o coletor plástico era muito malvado e que explodia dentro do motor dos automóveis movidos a GNV.

Assim, o pobre coletor plástico foi pouco a pouco sendo discriminado pela população ignorante e terminou recluso dentro de uma casinha abandonada no fundo do bosque.

Eis que um dia, logo após um eclipse, serenou prata sobre um lírio no campo e este se abriu. De dentro do lírio saiu um cavaleiro prateado, com um jaleco azul que tinha no peito uma inscrição bordada. Na inscrição lia-se a palavra “GásPoint”.

O cavaleiro prateado começou e logo ficou sabendo que a cidade toda tinha muito medo de ir até o bosque, pois dentro dele, segundo a lenda, vivia o terrível coletor plástico.

Como o Cavaleiro Prateado não gostava nada de ver a população tão cheia de dúvidas e medos, subiu em seu corcel e cavalgou para dentro do bosque em busca do terrível Coletor Plástico que vivia nas profundezas das árvores.
Lá, encontrou um ser muito simpático, que cuidava de um lindo canteiro de flores e para ele perguntou:

- O senhor é o terrível Coletor Plástico que explode motores e aterroriza a população?

- Sim e não, meu caro Cavaleiro Prateado.

- O que quer dizer, homem?

- Sim, eu sou o Coletor Plástico que aterroriza a população, e não, eu não explodi os motores.

- E de onde vem esta lenda maldita que assusta desde as criancinhas até as velhinhas?

- Esta lenda besta, meu caro Cavaleiro Prateado, vem das pseudo-convertedoras que nunca foram capazes de explicar que as explosões são culpa do Back Fire.

- E quem é este temível back fire?

- O Back fire, Cavaleiro Prateado é a queima do combustível dentro do coletor.

- E por que acontece isto, senhor Coletor Plástico?

- Acontece por dois motivos: uma falha de ignição causada por cabos e velas ou até bobina em mau estado associada a erros no ponto de ignição, ou simples erros no posicionamento do misturador e até na escolha do variador de avanço.

- Mas isto acontece em todos os carros?

- Não, meu caro Cavaleiro Prateado, na maioria nem acontece, mas em alguns carros as estratégias de injeção eletrônica são mais críticas, o que aumenta a probabilidade de back fire.

- E o que isto tem a ver com o fato de você ser feito de plástico, meu caro Coletor Plástico?

- Absolutamente nada, Cavaleiro Prateado. Eu sou a vítima desta história toda. As pessoas pensam que eu explodi, mas o culpado é o back fire... entretanto, como elas encontram dificuldade em explicar corretamente a origem de um problema, preferem culpar o mais fraco, neste caso, eu.

- Mas como resolver esta situação?

- É simples, você nem precisa encontrar a rosa azul ou abrir os sete portões, nem mesmo subir a grande montanha ou penetrar na mais profunda das cavernas. Você também não precisa matar o dragão mágico nem furar o dedo da donzela.

- O que devo fazer então?

- Se seu carro não tiver estratégias complicadas de injeção eletrônica, basta fazer uma instalação adequada com uma afinação bem-feita e componentes de boa qualidade, que o back fire nunca aparecerá.

- E se as estratégias de injeção forem complicadas?

- Neste caso, bastará usar um kit sequencial de injeção eletrônica multiponto de 5ª geração.

- Oh, senhor Coletor Plástico, que nome complicado!!

- A tecnologia parece meio complicada às vezes, Cavaleiro Prateado, mas você não precisa se assustar, pois o nome é feio, mas o equipamento funciona melhor do que você imagina.

- E como vou identificar tudo isto?

- Basta perguntar ao grande oráculo, Cavaleiro Prateado.

- E onde está este grande oráculo, senhor coletor plástico?

- Está em www.gaspoint.com.br, na Avenida Sapopemba 3207.

- Oh, obrigado senhor Coletor Plasticooooooooooooooo...

E assim, o Cavaleiro Prateado foi até uma Lan House, acessou o site da GásPoint e descobriu que podia instalar um kit gás mesmo nos carros mais complicados, com coletor plástico, com turbo, com câmbio automático, com coletor de fluxo variável, sem nunca ter de se preocupar com o verdadeiro malvado da estória, o Back Fire. Instalou um kit Sequent da BRC em seu corcel e saiu em alta velocidade pela cidade, arrancando olhares admirados de todos, que se perguntavam:

- Pelas barbas do profeta!, como é possível alguém conseguir tanta potência andando num corcel a gás, ainda mais com um coletor plástico?

E uma voz profunda ecoou do céu dizendo:
- O Cavaleiro Prateado procurou a oficina certa, que não enrola seus clientes com dogmas, mata a cobra e ainda mostra o pau.

E ao ouvir o final da frase, uma donzela lindíssima subiu no corcel do Cavaleiro Prateado e eles viveram felizes para sempre.

 

~*~The end ~*~

 



 


Gás Point - FlashPoint Com. de Pneus, Autopeças e Serviços Ltda - direitos reservados - Fale conosco - Twitter