feliz pascoa na gaspoint

inc_menu

Ver nosso registro no site do INMETRO

Veja aqui nosso registro no INMETRO

.:: Soluções mais acessíveis no mundo do GNV

Conseguir uma economia média de 55% com combustível é um desejo de todos nós, afinal não apenas do ponto de vista econômico, ninguém quer alimentar a máquina consumista e desgastada da indústria do petróleo.

O uso do gás natural como combustível, além de muito mais barato, trás benefícios ao motor do carro a longo prazo reduzindo seu desgaste embora há quem afirme o contrário por pura influência cultural e resistência às mudanças.
É claro que trocar o combustível líquido de um carro pelo gás não é tão simples assim e irá sem sombra de dúvida representar um certo investimento.

É importante que fique claro que este investimento será diretamente proporcional à qualidade e tecnologia utilizada. A verdade é que quanto mais o sistema de injeção do novo combustível se assemelha àquele sistema que já está debaixo do capô do seu carro, melhores serão os resultados tanto em potência quanto estabilidade de funcionamento e economia.

Um sistema de injeção eletrônica sequencial reproduz exatamente o funcionamento do sistema original do carro mas é claro que custa muito mais caro. Para quem roda bastante, algo como mais de 2500km/mês, e além disto sente prazer em dirigir e especialmente, investiu seu capital em um veículo de alto custo, este tipo de equipamento cai como uma luva. Porém para quem não roda tanto, talvez gastar por volta dos R$5000,00 que custa o equipamento possa parecer um exagero.

Os sistemas mais tradicionais, de 3ª geração apesar de possuirem algumas limitações, atendem a maioria desta pessoas, com uma pequena perda de potência e ainda mantendo uma boa qualidade de componentes e uma razoável estabilidade de funcionamento, desde é claro, que seja uma coisa bem feita.

Quem já tem um kit gás no carro e está literalmente passando raiva, talvez devesse considerar a hipótese de trazer seu carro até nossa oficina para fazer um levantamento sobre a qualidade (e presença) de componentes essenciais para se garantir o mínimo. São alguns deles:

· Variador de avanço fônico (essencial para reduzir a perda de potência)
· Unidade de gerenciamento eletrônico (melhora o funcionamento e a durabilidade do motor)
· Correto posicionamento do misturador (essencial para a estabilidade de funcionamento)
· Misturador de boa qualidade aerodinâmica (e não material)
· Sistema de simulação de sonda adequado (essencial para evitar problemas com o combustível líquido)
· Situação do sistema de ignição (cabos, velas, bobina)
· Taxa de compressão do motor


É preciso que estes itens estejam no mínimo presentes no seu carro. Muitas instalações sequer os utilizam e aí os resultados acabam sendo realmente sofríveis. Assim, se seu carro a gás não está funcionando direitinho, talvez você não precise gastar mundos e fundos, talvez seja apenas uma questão de adequação do sistema que você já possui a um mínimo aceitável. Traga seu carro até a gente para que juntos façamos um diagnóstico.

Agende uma visita | custo da conversão | FAQ

 


Gás Point - FlashPoint Com. de Pneus, Autopeças e Serviços Ltda - direitos reservados - Fale conosco - Twitter